Objetivo

Preparar servidores e colaboradores para operarem o Sistema Eletrônico de Informações – SEI-ANAC.

Justificativa

A implantação do SEI-ANAC, objeto do projeto prioritário “Anac sem Papel” encontra-se prevista para o dia 31/08/2016. Para a adequada operação do sistema faz-se necessário capacitar servidores e colaboradores da Agência, abordando as principais funcionalidades do sistema e os procedimentos básicos de gestão de documentos e processos eletrônicos no âmbito do SEI-ANAC

Público-Alvo

Servidores e colaboradores em exercício na ANAC.

Pré-Requisito

Não há.

Critério(s) de Seleção

As matrículas serão realizadas por ordem de inscrição.

Carga Horária

7 horas

Quantidade de participantes

Máximo: 200

INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO DE CAPACITAÇÃO

Objetivo(s):

Utilizar o sistema de forma eficiente.

Identificar os procedimentos corretos das mudanças evolutivas do sistema.

Justificativa:

O amadurecimento dos usuários e sua familiaridade com o SMI em sua nova versão vem demonstrando a necessidade de esclarecer dúvidas acerca da utilização do sistema, bem como apresentar as mudanças evolutivas já implementadas. Ademais, a posse de novos servidores da agência em funções que lhes exigem o uso do SMI cria a necessidade de apresentação do sistema a eles. Com o evento, espera-se homogeneizar o conhecimento por parte dos servidores da agência, bem como criar condições para maximizar o potencial do sistema como instrumento de gestão das atividades de fiscalização. 

Público Alvo:

Servidores que necessitam utilizar o SMI. 

Pré-Requisito(s):

Não há 

Critério(s) de Seleção:

Prioridade para usuários do SMI 

Carga Horária:

3 horas

SERVIÇO

Dia:

06 de março de 2018 

Período:

14h às 17h 

Local do Evento:

Centro de Treinamento da ANAC - Brasília 

Quantitativo de Participantes:

Mínimo: 12           Máximo: 18 

INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO DE CAPACITAÇÃO

Objetivo(s):

Capacitar os colaboradores, inclusive terceirizados, na utilização do módulo Demandas (Dm) do GFT, o qual é utilizado para executar processos automatizados nesse sistema.

NÃO ESCOPO: ​

• Modelagem de automação, aqui entendida como a incorporação de funcionalidades que visam a automação em Processos de trabalho, no módulo PT do GFT.

• A visão do mapeador de processos de trabalho, da equipe de automação de processos é escopo de outro curso.

ESCOPO:

• Operação do módulo Dm sob a perspectiva de:

(1) solicitante de demandas e

(2) executor de demandas.

Justificativa:

Em 23 de agosto de 2016, o Diretor Presidente da ANAC, a fim de dar concretude aos direcionamentos do Programa de Fortalecimento Institucional (PFI), que busca o aprimoramento contínuo dos processos organizacionais por meio de bases estruturantes, determinou, através da Portaria nº 2283, que as unidades organizacionais (UORGs) da Agência concluíssem o mapeamento de todos os seus processos de trabalho no prazo de 1 (um) ano. O cumprimento dessa diretriz garantiu à instituição uma base robusta de processos e com potencial para ser utilizada em frentes variadas. Entretanto, a gestão de processos é uma matéria viva e, portanto, após o mapeamento, é responsabilidade de cada UORG manter seus processos anteriormente mapeados atualizados e buscar sempre melhorá-los. Nesse sentido, muitas áreas estão utilizando o sistema Gerenciador de Fluxos de Trabalho (GFT) não somente para mapear, mas também como ferramenta de melhoria para automatizar seus processos.

Esse Escritório de Processos já oferece uma capacitação destinada primordialmente a quem trabalha como Área Local de Gestão de Processos (ALGP) para que sejam capazes de fazer a modelagem de um processo já com vistas a executá-lo de forma automatizada, quando a automação for cabível e vantajosa no caso concreto. Porém, após reuniões com as áreas e feedbacks do curso citado, foi percebido que há uma outra demanda que não estava sendo contemplada pelo curso ofertado, qual seja: muitas vezes, os colaboradores que trabalham em áreas que decidiram automatizar seus processos, mas não são os responsáveis pela modelagem, não sabem executar o processo utilizando o sistema. O curso em tela tem o objetivo de atender essa demanda suprimida e capacitar os colaboradores em geral da ANAC na utilização do módulo Demandas (Dm) do GFT, o qual é utilizado para executar processos automatizados.

Público Alvo:

Interno.

DESCRIÇÃO DO PÚBLICO-ALVO:

1. Colaboradores, inclusive terceirizados, de áreas que tem processos automatizados no GFT ou que tem pretensão de tê-los no curto prazo e que não receberam treinamento específico para executar suas etapas;

2. Colaboradores, inclusive terceirizados, que precisam abrir demandas no GFT na sua rotina de trabalho. 

Pré-Requisito(s):

Não há.

Critério(s) de Seleção:

1. Colaboradores, inclusive terceirizados, de áreas que tem processos automatizados no GFT;

2. Colaboradores, inclusive terceirizados, de áreas que tem pretensão de tê-los no curto prazo;

3. Colaboradores, inclusive terceirizados, que comprovem que são solicitantes autorizados de processos automatizados no GFT.

Carga Horária:

Semipresencial

8 horas presenciais, no dia 28/08

4 horas EAD, de 29/08 a 05/09

SERVIÇO

Duração:

Presencial 1 dia

EAD  8 dias

 

Período:

De 28 de agosto a 05 de setembro de 2018.

Local do Evento:

Brasília - DF

Quantitativo de Participantes:

MÍNIMO: 10            MÁXIMO: 20

INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO DE CAPACITAÇÃO

Objetivo(s):

Garantir que as áreas tenham capacidade para, a partir da automação, melhorar e controlar seus processos de forma célere e a baixo custo; responder às questões mais frequentes sobre a integração SEI e GFT; ensinar como analisar se um processo deve ser automatizado e, em caso positivo, ensinar a aplicar as funcionalidades do sistema GFT.

Justificativa:

Como a Gestão de Processos é uma disciplina viva, após a conclusão do mapeamento inicial dos processos da ANAC e o monitoramento e controle do desempenho dos mesmos, deve-se iniciar a fase de melhoria dos processos de trabalho. Uma das formas possíveis de otimizar os processos é justamente promover a sua automação, após analisar a viabilidade e aplicabilidade da mesma em cada caso concreto. Dada a capacidade do GFT - o sistema de Gestão de Processos utilizado na Agência - em automatizar processos, suprindo necessidades de mensuração de produtividade, de distribuição de trabalho, de controle de prazos e do sequenciamento de tarefas, tornou-se premente a necessidade de instruir formalmente as ALGP e demais envolvidos com automação de processos no uso do GFT como ferramenta de melhoria.

Público Alvo:

Interno.

DESCRIÇÃO DO PÚBLICO-ALVO: Servidores das Áreas Locais de Gestão de Processos (ALGP) e demais envolvidos com melhoria e automação de processos.

Pré-Requisito(s):

Ter feito o curso de Formação de Mapeadores de Processos ou ter conhecimento prévio no mapeamento de processos usando o GFT.

Critério(s) de Seleção:

Ter feito o curso de Formação de Mapeadores de Processos ou ter conhecimento prévio no mapeamento de processos usando o GFT.

Carga Horária:

16 horas.

SERVIÇO

Duração:

4 dias (tarde - 14h às 18h).

Período:

De 16 a 19 de outubro de 2018.

Local do Evento:

Sala 4E - Sede ANAC - Brasília - DF

Quantitativo de Participantes:

MÍNIMO: 6                        MÁXIMO: 11

INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO DE CAPACITAÇÃO

Objetivo(s):

Capacitar os colaboradores, inclusive terceirizados, na utilização do módulo Demandas (Dm) do GFT, o qual é utilizado para executar processos automatizados nesse sistema.

NÃO ESCOPO: ​

• Modelagem de automação, aqui entendida como a incorporação de funcionalidades que visam a automação em Processos de trabalho, no módulo PT do GFT.

• A visão do mapeador de processos de trabalho, da equipe de automação de processos é escopo de outro curso.

ESCOPO:

• Operação do módulo Dm sob a perspectiva de:

(1) solicitante de demandas e

(2) executor de demandas.

Justificativa:

Em 23 de agosto de 2016, o Diretor Presidente da ANAC, a fim de dar concretude aos direcionamentos do Programa de Fortalecimento Institucional (PFI), que busca o aprimoramento contínuo dos processos organizacionais por meio de bases estruturantes, determinou, através da Portaria nº 2283, que as unidades organizacionais (UORGs) da Agência concluíssem o mapeamento de todos os seus processos de trabalho no prazo de 1 (um) ano. O cumprimento dessa diretriz garantiu à instituição uma base robusta de processos e com potencial para ser utilizada em frentes variadas. Entretanto, a gestão de processos é uma matéria viva e, portanto, após o mapeamento, é responsabilidade de cada UORG manter seus processos anteriormente mapeados atualizados e buscar sempre melhorá-los. Nesse sentido, muitas áreas estão utilizando o sistema Gerenciador de Fluxos de Trabalho (GFT) não somente para mapear, mas também como ferramenta de melhoria para automatizar seus processos.

Esse Escritório de Processos já oferece uma capacitação destinada primordialmente a quem trabalha como Área Local de Gestão de Processos (ALGP) para que sejam capazes de fazer a modelagem de um processo já com vistas a executá-lo de forma automatizada, quando a automação for cabível e vantajosa no caso concreto. Porém, após reuniões com as áreas e feedbacks do curso citado, foi percebido que há uma outra demanda que não estava sendo contemplada pelo curso ofertado, qual seja: muitas vezes, os colaboradores que trabalham em áreas que decidiram automatizar seus processos, mas não são os responsáveis pela modelagem, não sabem executar o processo utilizando o sistema. O curso em tela tem o objetivo de atender essa demanda suprimida e capacitar os colaboradores em geral da ANAC na utilização do módulo Demandas (Dm) do GFT, o qual é utilizado para executar processos automatizados.

Público Alvo:

Interno.

DESCRIÇÃO DO PÚBLICO-ALVO:

1. Colaboradores, inclusive terceirizados, de áreas que tem processos automatizados no GFT ou que tem pretensão de tê-los no curto prazo e que não receberam treinamento específico para executar suas etapas;

2. Colaboradores, inclusive terceirizados, que precisam abrir demandas no GFT na sua rotina de trabalho. 

Pré-Requisito(s):

Não há.

Critério(s) de Seleção:

1. Colaboradores, inclusive terceirizados, de áreas que tem processos automatizados no GFT;

2. Colaboradores, inclusive terceirizados, de áreas que tem pretensão de tê-los no curto prazo;

3. Colaboradores, inclusive terceirizados, que comprovem que são solicitantes autorizados de processos automatizados no GFT.

Carga Horária:

Semipresencial

8 horas presenciais, no dia 13/11

4 horas EAD, de 14/11 a 27/11

SERVIÇO

Duração:

Presencial 1 dia

EAD  8 dias

Período:

De 13 a 27 de novembro de 2018.

Local do Evento:

Brasília - DF

Quantitativo de Participantes:

MÍNIMO: 10            MÁXIMO: 20